quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

0056 [Artigo] Tabaco (I) Histórico da Nicotina

Tabaco (I) – Histórico da Nicotina

Como a nicotina chegou ao Brasil
A nicotina, princípio ativo do tabaco, foi isolada em estado puro por Reiman e Pousselt, em 1828. Entre as diversas espécies da família das Solanáceas está a Nicotiana tabacum, cujo nome homenageia o diplomata e filólogo francês Jean Nicot (1530 – 1606) que em 1556 enviou de presente à rainha Catarina de Médicis as primeiras sementes da planta.
 Antes da descoberta da América seus nativos utilizavam a folha do tabaco para fins medicinais, rituais tribais, oferendas divinas, experiência transcendental ou para afastar o mal. O conhecido ‘cachimbo da paz’ era usado para se aspirar a fumaça pelas narinas.
 A disseminação do tabaco se deu por Portugal (1558), Espanha (1559), Inglaterra (1565), Cuba (1580), Brasil (1600), EUA (1612). Foram as primeiras grandes plantações de tabaco, e em meados do século XIX já estava difundido em mais de 90 países. Foi um produto de exportação muito valioso no Brasil colonial, escoando-se para a costa africana em troca de escravos negros com traficantes holandeses e ingleses.
Os principais produtores mundiais são EUA, Índia, China e Rússia, sendo que Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Bahia são os principais produtores nacionais.
#
P a r a   e n v i a r   p e r g u n t a s : gobett@tribunatp.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t

ATENÇÃO! Palavras ofensivas, spams, links serão removidos. Perguntas SOMENTE pelo pelo e-mail >> gobett@tribunatp.com.br

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...