segunda-feira, 18 de agosto de 2008

0020 [ARTIGO] ALCOOLISMO (I) - HISTÓRIA

ALCOOLISMO (I) - HISTÓRIA

Registros arqueológicos indicam o consumo de álcool pelo ser humano há aproximadamente 8.000 anos. A cerveja e o vinho, como sabemos, passam pela fermentação. Foi só na Idade Média que os árabes desenvolveram o processo de destilação, e esses passaram a ser usados para alívio de dor. A palavra Whisky (do gálico ‘usquebaugh’) significa ‘água da vida’.
Com o advento da Revolução Industrial o álcool passa a ser produzido em larga escala, e começam a surgir problemas de trabalho decorrentes de seu uso e abuso chamando a atenção de estudiosos. Em 1953 o Expert Comittee on Alcohol categoriza o álcool como droga intermediária (entre as causadoras de dependência e as formadoras de hábito), mas é em 1967 que a OMS incorpora o alcoolismo ao CID-8 (Classificação Estatística Internacional de Doenças na 8ª Conferência Mundial de Saúde).
Com esse rápido histórico temos o pano de fundo para se pensar o álcool como droga potencialmente destrutiva. As datas e decisões demonstram sua gradual categorização como droga pelo surgimento dos problemas no trabalho.
Hoje ele é veiculado na mídia sem grandes problemas. Ironicamente, eventos esportivos são patrocinados por empresas de bebidas alcoólicas (patrocínios só permitidos às grandes corporações). Sendo uma droga lícita a dificuldade em se combatê-la é maior e a recuperação do dependente também fica dificultada.
Fonte: www.alcoolismo.com.br
#
P a r a   e n v i a r   p e r g u n t a s : gobett@tribunatp.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t

ATENÇÃO! Palavras ofensivas, spams, links serão removidos. Perguntas SOMENTE pelo pelo e-mail >> gobett@tribunatp.com.br

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...