segunda-feira, 19 de novembro de 2012

0116 [Artigo] Momento da Copa (II) Quem é o culpado?



MOMENTO DA COPA (II) - Quem é o Culpado?

O brasileiro é um povo gregário, festivo, com vida social intensa. O clima de copa evidencia esse fato. A seleção é o assunto das rodinhas, o país pára sua produção para vê-la. Pessoas estranhas entre si sorriem com facilidade, fazemos carreata com bandeiras, buzinadas, etc. Baixamos as guardas, ficamos mais amistosos que no cotidiano pela linguagem comum: a seleção na copa.
Buscar culpados é uma ação do superego
Entretanto, o Brasil foi eliminado e o clima de luto se instalou. Comentaristas procuram as causas da derrota e seus responsáveis ou culpados. Sabemos pela psicanálise que a vida mental infantil é regida pelo princípio do prazer. O infante, quando deseja algo, desconhece os obstáculos para consegui-lo naquele momento, o que explica porque a criança quando contrariada chora, reivindicando a realização de seu desejo.
É na medida em que crescemos que vamos sendo barrados, castrados pelo real. E o princípio da realidade entra em oposição ao do prazer. Essa é uma luta que o homem enfrentará pelo resto de sua vida e que sofrerá mudanças ao longo dela.
A despedida da copa nos coloca frente à frustração e denuncia nosso grau de maturidade. Queríamos a taça, mas como adultos não temos os mesmos direitos da criança. A busca por culpados (ação do superego) vem no lugar do choro infantil, numa recusa à frustração. Mudamos sua expressão, mas será que amadurecemos de fato?
Publicado no jornal A Tribuna Piracicabana, Ed. 199 - 07/07/10 --> www.tribunatp.com.br

P a r a   e n v i a r   p e r g u n t a s : gobett@tribunatp.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t

ATENÇÃO! Palavras ofensivas, spams, links serão removidos. Perguntas SOMENTE pelo pelo e-mail >> gobett@tribunatp.com.br

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...