quarta-feira, 20 de abril de 2011

0073 [Perg/Resp] Minha desconfiança se confirmou


Não tenho espaço na vida dele
Sou casada há 24 anos e sempre desconfiei dele. Sempre saiu muito para beber e até procurei AA, passou beber menos e sair mais. Descobri um telefone e um extrato bancário em nome de uma mulher, mas disse que estava ajudando uma pessoa. Brigamos todo dia, fui parar no hospital com pressão alta, e ainda me acusa de ter ficado mal, como se eu escolhesse isso. Penso em separação, não tenho espaço na vida dele, não me chama pra sair, quando sai está sempre cansado. Não sei por onde começar, nem juridicamente.
Mônica, 46.

O que lhe prende a esse homem? Se sempre desconfiou teve motivos desde o início, mesmo que no nível da suspeição. Racionalmente falando, uma conversa séria com ele deveria encaminhar para uma decisão. Mas do jeito que coloca está presa emocionalmente a ele. Ou será que há outros fatores implícitos na questão? 
Toda sua desconfiança fundamentada agora com os documentos encontrados se consolida. Mas não seria prudente uma conversa ‘cartas na mesa’? Um dos pilares das relações humanas é a confiança, que se antes já estava posta sob suspeita, agora ganha consistência. E não conheço relacionamentos que sobrevivam num clima de desconfiança. 
Outra coisa que deve considerar para iniciar algo, já que está tão perdida, é preservar mais sua saúde e se expor menos a situações que a fragilizem como ocorreu, para depois, se for o caso, pensar na separação como se referiu.

P a r a   e n v i a r   p e r g u n t a s : gobett@tribunatp.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t

ATENÇÃO! Palavras ofensivas, spams, links serão removidos. Perguntas SOMENTE pelo pelo e-mail >> gobett@tribunatp.com.br

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...