quinta-feira, 28 de abril de 2011

0077 [Artigo] TOC (IX) Contar, Repetir


TOC (IX) – Contar, Repetir

Hábitos obsessivos dominam no TOC
É comum contarmos objetos, pessoas e outras coisas quando estamos ociosos aguardando numa fila, ou na sala de espera do médico. Contamos o número de pessoas ou livros na estante. Mas a qualquer momento interrompemos a contagem sem aflição. No TOC isso não ocorre sem incômodos. Há sempre um pensamento fantasioso, mágico que leva a pessoa a crer que se não fizer tais contagens no número pré-determinado, alguma tragédia ocorrerá. A contagem funciona como defesa a essas tragédias, e se no meio dela houver alguma confusão há a necessidade de recomeçar tudo do zero. Esses rituais têm de ser seguidos rigorosamente para que a aflição seja dissipada da mente do sujeito, muitas vezes tomando um tempo enorme e provocando atrasos em compromissos assumidos, ao sair de casa ou do trabalho, basicamente.
É muito comum a contagem de janelas dos edifícios, repetir um número exato de rezas antes de deitar, lavar cada lado do corpo ou escovar os dentes três vezes, somar os números nas placas dos carros (podendo até tirar o noves fora), ler ou reler o mesmo parágrafo, por e tirar uma peça de roupa, ascender e apagar a luz, sentar e levantar da cadeira, etc.
Isso nos dá uma noção de quanto o portador de TOC é prisioneiro desses medos e rituais que os alivia.
P a r a   e n v i a r   p e r g u n t a s : gobett@tribunatp.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t

ATENÇÃO! Palavras ofensivas, spams, links serão removidos. Perguntas SOMENTE pelo pelo e-mail >> gobett@tribunatp.com.br

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...